Liberdade financeira: Aqui estão 9 dicas sobre como conquistar a sua

 

Liberdade financeira: 9 super dicas para alcançar a tão sonhada liberdade financeira

Você tem algum projeto de liberdade financeira?

Acreditamos que você tenha um porque todos nós precisamos de dinheiro, certo?

O problema é que a jornada da sua liberdade financeira na maioria das vezes não é fácil.

Por exemplo, pode ser um trabalho que você odeia ou pode estar longe de sua área de especialização.

Quando você tem liberdade financeira, algo completamente diferente acontece.

Bem, sim, neste caso, temos o dinheiro suficiente para viver uma vida bem sem sermos afetados por nenhuma situação que venha a reduzir a nossa saúde mental e qualidade de vida.

Se é isso que você está procurando, mas não tem certeza de como alcançá-lo, continue lendo.

Preparei um guia que contém os principais passos e dicas para você sair do zero a liberdade financeira.

Afinal o que é liberdade financeira?

Liberdade financeira é o quanto uma pessoa pode ter o estilo de vida que deseja, sem ter preocupações com dinheiro.

Pessoas com liberdade financeira só podem considerar seus próprios desejos e a busca pela felicidade, sem considerar quanto custará para fazer uma escolha.

O ponto de maior importância para compreender essa definição não é pensar de onde vem o dinheiro, mas no fato de que não há travas: você pode fazer uma escolha sem se preocupar em assumir algum risco financeiro.

Devo te deixar ciente que o caminho para a liberdade financeira não significa largar o emprego.

Algumas pessoas que atendem a essa condição continuam a trabalhar – o importante é que trabalhem porque desejam, não porque sejam obrigadas.

Quando podemos dizer que alcançamos a liberdade financeira?

Muitas pessoas fazem a pergunta “De quanto você precisa de renda para fazer face às despesas?”, Pensando que há uma resposta simples que lhes permite calcular com precisão quando alcançar a liberdade financeira.

No entanto, não existe um cálculo preciso. A resposta requer muito autoconhecimento.

A liberdade financeira, como mencionei acima, não é acumular uma determinada quantia em contas bancárias e investimentos, mas sim mentalidade.

Por exemplo, quando você não tem mais a necessidade de comparar preços e optar (por exemplo) por uma viagem mais barata ou mais cara, pode-se dizer que chegou a este estado.

Com liberdade financeira, você só deixará de viajar para um determinado local quando tiver outro destino que o deixe mais ansioso para conhecer.

Ou seja, os valores dão garantia a essa liberdade são diferentes para todos, afinal, estão relacionados aos anseios de cada um.

Qual a diferença de independência financeira e liberdade financeira?

Você está buscando independência financeira ou liberdade financeira?

Esses dois termos são usados para expressar conceitos muito semelhantes, porém não são sinônimos.

Independência significa não depender de nada nem de ninguém.

Aqueles que são financeiramente independentes não precisam de empregadores, clientes ou familiares para sobreviver.

Ele consegue pagar as contas sem dependência, pois possui uma renda passiva suficiente (renda gerada por indivíduos que não precisam dedicar seu tempo a uma determinada atividade) para cobrir suas despesas.

Mas isso não significa que a pessoa não tenha restrições ao fazer escolhas que envolvam dinheiro.

Voltando ao exemplo anterior, uma pessoa tem casa, lazer e alimentação, não precisa trabalhar, mas não poderá ir a Maragogi a qualquer hora.

Em outras palavras, é independente do ponto de vista financeiro, pois pode cobrir todas as despesas apenas com a receita passiva.

No entanto, você ainda não parou de se preocupar com a liberdade do dinheiro.

9 dicas sobre como construir liberdade financeira

Agora que você entende que liberdade financeira não é a mesma coisa que independência financeira, confira essas dicas para ver qual caminho você deve seguir para ganhar liberdade.

1. Conheça todas as suas despesas

Esta pode ser uma técnica muito óbvia, mas muitas pessoas precisam deste primeiro passo.

Se você estiver em um degrau mais avançado no caminho para a liberdade financeira, pule para o próximo item da lista.

Os fatos provaram que não pode haver liberdade financeira sem independência financeira, assim como não pode haver independência sem segurança financeira.

Essa segurança envolve primeiro o mapeamento do seu custo de vida atual.

A regra basicamente é: nunca gaste mais do que ganha.

Para fazer isso, você precisa saber exatamente quanto gastou.

Crie categorias para contas domésticas, alimentação, lazer e despesas de transporte.

Você descobrirá que apenas registrar essas informações mudará rapidamente a forma como você gasta dinheiro.

2. Saldar dívidas acumuladas

Agora que entendeu para onde seu dinheiro está indo, você pode encontrar um equilíbrio entre receitas e despesas e começar a economizar.

Para o dinheiro restante, a principal prioridade deve ser livrar-se das dívidas, principalmente daquelas com taxas de juros mais altas, como dívidas de cartão de crédito.

A partir daí, parcelar apenas quando as taxas de juros forem baixas ou inexistentes, tornando suas dívidas totalmente controláveis ??e dentro do seu plano financeiro.

3. Elegibilidade

Nesse tipo de lista, é muito comum o foco no corte de despesas e na educação financeira, dois aspectos muito importantes.

Mas às vezes há oportunidades de aumentar a receita para acelerar todo o processo, mas no final é desperdiçado.

Enquanto você precisar trabalhar para economizar dinheiro, faça o possível para aumentar sua renda.

Por meio da internet, existem muitos canais de aprendizagem gratuitos ou a um preço razoável que podem promover promoção, melhores empregos ou fornecer serviços de maior valor agregado.

4. Fontes diversificadas de renda

Se você é um profissional com amplo conhecimento em uma determinada área, pode criar cursos, livros e tutoriais e vendê-los online.

Uma grande vantagem desse formato é que você deve trabalhar muito para preparar o conteúdo primeiro e, em seguida, continuar gerando receita quando surgirem os interessados, sem mais trabalho.

Outra forma de trabalho que pode gerar uma boa renda extra é consultoria – porém ainda se trata de uma renda ativa.

5. Cronograma de implementação

No último projeto, falamos de trabalho, mas o seu objetivo de conquistar a liberdade financeira é que você opta por trabalhar apenas se quiser trabalhar, certo?

Isso significa que, no final, tudo isso se resumirá a acumular recursos, o suficiente para obter uma renda passiva que lhe permitirá sustentar todos os seus sonhos.

Isso é feito por meio do plano.

Qual é o valor dessa receita? Quanto você precisa acumular para atingir essa meta? Quanto você pode economizar em um mês?

Ao encontrar as respostas, você obterá um plano e será capaz de descobrir quanto tempo levará para alcançar a liberdade financeira e o que será necessário fazer.

6. Conheça o seu perfil de investidor

É inútil trabalhar muito e economizar dinheiro apenas para reduzir despesas temporariamente.

É necessário saber o que fazer com o resto e aplicar esses valores com sabedoria para que produzam bons resultados.

Esses valores só precisam de estratégias de investimento diferentes, e você precisa usar estratégias que se adaptem ao seu perfil de investidor.

Os perfis são os seguintes:

Conservador

Os investidores estão menos dispostos a correr riscos, por isso tendem a aplicar um montante maior de seus recursos em aplicações de renda fixa, como títulos do tesouro e títulos diretos do governo, principalmente títulos do tesouro Selic e outros títulos com vencimento em até 3 anos.

Moderado

Ele está mais disposto a correr riscos do que os conservadores, porém ainda valorizam a segurança.

Investidores moderados diversificam ainda mais suas carteiras de investimentos, ainda parte considerável em renda fixa, optando por títulos do tesouro de diversos vencimentos.

No entanto, também é possível fazer investimentos iniciais em aplicações de renda variável, como fundos multimercado e fundos de ações.

Agressivo

Dentre os três perfis, é o que mais se arrisca, por isso a maior parte dos fundos aposta em renda variável.

Pode ser afetado pela instabilidade do mercado, mas por outro lado, a lucratividade potencial de sua aplicação é muito maior do que outras aplicações.

Para isso, opta por produtos como ações, fundos imobiliários, operações estruturadas, derivativos e contratos futuros.

7. Conheça o tipo de investimento

Nas duas categorias discutidas acima, há vários tipos de investimento, cada um com seu próprio grau de risco, lucratividade e liquidez.

Não existem fórmulas secretas nem respostas claras para as quais os investimentos levarão a uma liberdade financeira mais rápida.

Mas em toda estratégia financeira existem boas e más escolhas.

8. Em busca de ajuda profissional em investimentos

Desde que você se esforce para entender as peculiaridades do mercado financeiro, sempre existirá profissionais experientes para ajudá-lo,podendo assim maximizar a receita potencial.

9. Resultados de investimento

O investimento ideal hoje, pode não ser amanhã a escolha mais lucrativa.

A liberdade financeira é sempre uma meta de longo prazo.

Portanto, você pode fazer um plano de investimento, mas deve avaliar se terá paciência para colher os frutos no longo prazo.

O plano deve ser reexaminado, levando em consideração as variações de cenários (mercados, indicadores macroeconômicos, oportunidades, riscos, etc.).

Como simular investimento

Agora que você entende a concepção de liberdade financeira, vou explicar como realizar cálculos matemáticos para planejar sua vida em direção a esse objetivo.

Em primeiro lugar, você precisa entender que o objetivo não é gastar o dinheiro que você economizou para a vida que sempre quis ter, mas gerar renda para alcançar o estilo de vida que almeja.

A partir daí, siga estas etapas:

1. Quantifique a renda que deseja

Determine o valor das despesas básicas (família, alimentação, saúde, compras e até pequenos prazeres.

Em seguida, considere os hobbies, experiências e produtos que deseja possuir e converta todos em dinheiro. Quanto custa isso?

Como a ideia de liberdade financeira é nunca se preocupar com dinheiro, você pode dobrar a quantia.

Some o resultado ao valor da taxa básica e você obterá uma renda passiva que será seu objetivo.

2. Defina as contribuições mensais

Quanto você planeja investir em seus ativos de planejamento financeiro a cada mês?

Sabendo esse número e o retorno esperado, agora você pode usar a calculadora de juros compostos para simular seu caminho para a liberdade financeira.

3. Estabeleça prazos

Agora você pode saber quando terá a liberdade que deseja.

Se continuar economizando metodicamente, um dia, o valor total investido irá gerar uma renda mensal equivalente ao item 1 desta lista.

Lembrando que, neste caso, você começará a usar o lucro do seu investimento para pagar contas e caprichos.

Por isso, serão necessários ativos com maior liquidez, o que afetará a rentabilidade.

Você calculou e achou que era muito longo?

Considere possibilidades para aumentar sua receita atual ou investimentos mais arriscados para obter maiores retornos potenciais.

Se o seu perfil for moderado a agressivo, você pode ter interesse por produtos de renda variável, como day trading.

Com conhecimento mais avançado, você pode negociar na bolsa de valores em um curto período de tempo e comprar e vender ações no mesmo dia.

Essa é uma forma não apenas de assumir maiores riscos, mas também de obter maiores recompensas.

O melhor investimento para liberdade financeira

Quando a taxa de juros de referência é alta, é fácil escolher o melhor ativo para um investimento seguro de longo prazo.

Agora a situação é diferente, é preciso esquecer o Tesouro Direto e pensar em outras alternativas mais lucrativas.

Sua renda é variável.

Consultar exemplo:

Ações
Mini contrato
Mercado de opções
Fundo imobiliário
Fundos de investimento.

Concluindo

Na verdade, não é necessário ser rico para ser feliz.

A felicidade pode ser encontrada em coisas triviais que não custam dinheiro.

Porém sejamos honestos: todos querem ter mais e viver uma vida onde o dinheiro não seja um problema, mas uma solução.

Este é o significado de liberdade financeira.

Não possui tais valores em suas contas, mas pode tomar decisões sem se preocupar com os saldo bancário.

É por isso que este é mais um passo em direção à independência financeira – neste caso, você não fica dependente de empregadores, clientes ou membros da família, mas ainda precisa controlar seus gastos.

A liberdade financeira esta ao alcance de todos porém exige escolhas sábias, poupar e investir e focar em retornos mais elevados.

You May Also Like

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *